quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Da série "Amiguinhos do Lula" (2)

Da Folha.com

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, afirmou nesta quarta-feira que "o país exige respeito" diante do que qualificou de "pornografia" da imprensa privada local, depois de uma corte ter ordenado a proibição de publicar fotos de violência ou sangue.

Durante um conselho de ministros, Chávez mostrou a primeira página do jornal estatal "Correo del Orinoco". O jornal publicou informações sobre protestos de médicos que trabalham no necrotério de Caracas, após publicação, em dois diários privados, de uma foto de cadáveres em uma de suas salas.

Íntegra aqui.

Comento:
Hugo Chávez talvez tenha dado o mote de como acabar com a violência no Acre. Para tanto, basta que a imprensa pare de divulgar os crimes diários a que estão sujeitos os cidadãos, como aliás já fazem quanto a notícias que desagradam aos petralhas.

Ao assistir outro dia a uma entrevista de Jorge Viana, fiquei enojado ante a constatação de que a cretinice tem limites mais elásticos que minha ingenuidade poderia supor. O ex-governador afirmou que quer eleger-se ao Senado para debater uma reforma no Código Penal, já que as leis, ao beneficiar demasiadamente os bandidos, são responsáveis pela criminalidade galopante.

O nosso Pequeno Príncipe só não explicou por que alguns estados, como Sâo Paulo, conseguiram, sob o mesmo Código Penal, diminuir os índices da violência urbana.

2 comentários:

  1. Alguma coisa neste sentido já está sendo feita! Me disse um policial outro dia que "eles só devem ligar as sirenes das viaturas em casos extremos". Isto certamente é para não alertar a população sobre a violência, até carros do SAMU trafegam com as sirenes desligadas...

    ResponderExcluir
  2. Tonho do Mercado Intelectual20 de agosto de 2010 18:00

    Em tese Lula puxa brasa prá sardinha da Dilma porque vê nela uma neo-ditadora assim como suas amizades do mal Ahmadinejad, Moralez, Chávez, Castro... Alguém veja uma camisa-de-força prá Lula, faz favor...

    ResponderExcluir