segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Bocalom, um "socialista democrático"

Os jornais locais receberam hoje release da assessoria de imprensa do PSDB sobre visita, na sexta-feira (11), de Tião Bocalom ao governador de São Paulo, Geraldo Alckmin. O escriba tucano errou três vezes o sobrenome do governador paulista, ao grafar Alkmin e não Alckmin. Além disso, ignora que PSDB é a sigla para Partido da Social Democracia Brasileira e não Partido Socialista Democrático Brasileiro, conforme inventou no texto.

Não se trata de um erro qualquer. Socialismo e Social Democracia são conceitos muito distintos. E o assessor de imprensa de um partido social democrata tem obrigação de não errar esse tipo de informação. Pois quando o faz, passa ao eleitor a impressão de que o político que assessora é tão despreparado quanto sua assessoria.

2 comentários:

  1. E tanta gente precisando de emprego!

    ResponderExcluir
  2. Caramba, que feio. "Bem assessorado" o Bocalom.

    ¬¬

    ResponderExcluir