segunda-feira, 5 de julho de 2010

A praça é do povo?







Diz o poema que a praça é do povo. Mas o povo, ao que parece, anda meio esquecido pelo poder público. As imagens aí acima são da praça do Juventus. Elas revelam que na terra da florestania sobram bravata e muita propaganda. Falta-nos um pouco mais de vergonha na cara.

"Foi Deus que nos deu/ esse lugar..." Argh!

2 comentários:

  1. Falando em propaganda, essa do "Foi Deus que nos deu esse lugar..." é terrível! Mudo de canal toda vez que começa a tortura. De onde tiraram aqueles "cantores" peloamordedeus??

    ResponderExcluir
  2. Nielsen O. M. Braga6 de julho de 2010 09:14

    Prá quê tanta praça...? Só pessoas felizes, abastadas e remediadas pela vida vivem refesteladas em praças. Nosso povo não está feliz, o Acre não é esse milagre economico noticiado nos meios(?)de comunicação(?), então mais uma vez pergunto, pra quê?? Resposta imediata: para o ferrugem ter o que roer! Para viciados e prostitutas terem onde se esconder durante batidas policiais da madrugada! Para a comunidade se emocionar com cores desbotadas e madeira velha!

    ResponderExcluir